Quarto ao lado

Dormir ou não dormir com o bebê no mesmo quarto? Pra mim seria tão surreal dormir longe do bebê quanto levar o namorado que você acabou de se apaixonar pra sua casa e pedir para por favor ele dormir no quarto ao lado. Fora aquela aflição clássica de mãe recém nascida que acorda de cinco em cinco minutos pra saber se o bebê ainda respira, é um amor tão novo que não queremos desgrudar. Depois de um tempo, de vez em quando, até rola de  deixar ele lá do outro lado da parede, principalmente quando a avó está dormindo junto. Mas por enquanto ele ainda dorme com a gente. Na mesma cama dizem que é perigoso. A gente tem o colchão no chão, o Theo também. É só emparelhar e tá feito. E de repente quando você volta do banheiro dá de cara com esta cena, pai e filho dormindo na mesmíssima posição. Como diria a minha avó, sangue não é água.

4 comentários em “Quarto ao lado

  1. Amiga querida! Quantas questões passamos ao entrar no mundo materno onde todas as decisões influenciam a vida de outra pessoa que é tão importante pra nós certo? Siga seu coração, é o que tenho pra te dizer. A foto é ótima e que delícia te ver curtindo tudo isso! Um beijo enorme pra essa família linda!

Deixe uma resposta para mariliaescarlate Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s