BLOG, DIY, Faça você mesmo, móbiles, montessori, Theo 1 a 3 meses

Como fazer os móbiles

Está em falta no mercado móbile para bebês pequeninos. Um móbile assim, singelo, que gire ao sabor do vento, na velocidade terna do olhar do bebê, que não precise da mão materna para ser acionado. Meu amor pelos móbiles Montessori foi instantâneo porque eles são simples, bonitos, não fazem barulhos e os nenéns vibram. A paixão veio quando eu decobri que podia fazer em casa. Segue os tutoriais:

1. Munari Móbile – bebês de duas as seis semanas

(desenhado pelo arquiteto/designer Bruno Munari. Pra quem nunca ouviu falar, a Cosac e Naify editou um livro dele para crianças que é uma jóia: Na Noite Escura. O livro tem buraco, transparências, desenhos lindos e muito espaço vazio para a imaginação ocupar.

O passo a passo está no site Little Red Farm.

Os materiais:

A esfera eu comprei de plástico transparente, são duas metades que abrem pra você botar uma foto ou qualquer bobagem dentro, e já tem alcinha para pendurar. Eu achei na Caçula do Saara (RJ), mas na 25 de março em sampa deve ter também.

As formas geométricas eu fiz de cartolina preta e branco, mas tive que botar um papel cartão sanduichado para ficarem mais pesadas e balancearem a esfera.

As hastes eu comprei em loja de material de construção que vende madeira. Comprei um pedaço de um metro e meio e cortei no tamanho certo. Usei spray branco e preto para pintar. Na haste bicolor usei fita isolante, parti ela em dois no sentido do comprimento e enrolei na haste branca.

2. Gobbi

Tentei, mas não descobri a origem do nome Gobbi. São bolas de feltro da mesma cor em gradação de tonalidade. Eu achei mais simples pendurar direto uns novelos de linha que comprei no armarinho. Deu certo e foi a maior paixão que Theo já teve nos seus 5 meses de vida. É legal pendurar o móbile baixo, de modo que quando o bebê movimente descordenadamente as mãos, elas batam nas esferas e movimentem o móbile. Aí é o ápice da felicidade. Agradeço por alguns almoços tranquilos enquanto ele descobria a cor azul.

3. Octaedros

Passo a passo e explicação maravilhosa no site Little Farm. O vídeo abaixo mostra bem a concentração do Theo se divertindo com ele. É bem fácil de fazer, cartolina metálica na papelaria, tesoura, cola e este molde para cortar os seus octaedros, um papel carbono pra passar para a cartolina vai bem.

18 comentários em “Como fazer os móbiles”

  1. QUE LEGAL MARILIA… A VERDADE É QUE ANTÓNIA(2 meses e meio) SE DIVERTE E SE CONCENTRA EM QUALQUER PANINHO DE COR QUE COLOCO PENDURADO PERTO DELA, ASSIM QUE JÁ IMAGINO COMO SERA COM ESTE UNIvERSO DE CORES BAILANDO NA ALTURA DO SEUS OLHOS!

  2. Gianna Gobbi was Maria’s student and one of the team which created The Catechesis of Good Shepherd (religius program developed from Montessori pedagogic).

  3. oi, vim pela bia, do facebook. gostei muito, e também dos sites montessorianos que vc. listou. meu filho tb. chama theo, acabou de fazer 8 meses. beijo pra vcs.

  4. Estou super encantada pelo blog! Sou professora de educação infantil e fico mega feliz de encontrar mães assim como você! sorte do Theo! Parabéns por dividir suas descobertas com a gente! Bjs

  5. Oi Marília! Uma amiga me mandou uns vários sites com móbiles montessorianos e fiz esse de novelos de linha. O bebê da foto é mesmo o Theo? Achei a foto num site gringo e ele me inspirou. Luiz Felipe está com 2 meses e 11 dias e adorou o Gobbi (bem, eu li que ele é indicado pra 3 meses, mas rolou uma química mesmo assim…). Eu estava aqui tentando saber uma informação quando descobri seu ótemo blog (que eu só conhecia o lindo vídeo do Theo e seus móbiles). Você sabe se tem um tempo ideal pra deixar os bebês interagindo com os móbiles?

    Abraços,

    Érica.

    1. Oi Érica, tudo bem?

      Não tem tempo limite não, o Theo ficava muuuuuito tempo namorando o Gobbi, eu tinha um gancho para pedurá-lo na sala também e aí ganhava tempo para almoçar tranquila. Agora, quando os bebês já começam a ter movimento intencional de pegar um objeto com a mão, os móbiles só visuais já ficam meio ultrapassados. O Theo acho que foi com uns quatro meses. Daí o legal é pendurar objetos com um elástico numa altura em que eles possam alcançar, agarrar o objeto e daí puxá-lo até a boca. Uma simples argola de madeira já funciona super bem. E quando eles soltam a argola, ela faz um movimento maluco e eles ficam super concentrados tentando alcancá-la de novo.

      Estou viajando, assim que voltar, tento achar uma foto deste “móbile tátil” para te mandar.

      Beijinhos

  6. Oi Marília!

    Já voltou de viagem? Imagino como seja esse móbile que falou, mas queria a foto. Aqui em casa virou um aeroporto de móbiles. Tudo que percebo interesse dele, vou ali no quintal pego um pauzinho e já vira móbile! hehehehe…

    Beijos,

    Érica.

  7. Oi Marilia, como você pendurou o mobili na sala e no seu quarto? estou quebrando a cabeça com um pé direito altíssimo!
    Obrigada!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s