Da falta que um quintal faz

Claro que faz falta, mas crescer sem quintal também não é nenhum fim de mundo. Tem o parque pertinho de casa, que é o nosso quintal de luxo;  tem as plantas do térreo do prédio que é nosso quintal de brincar rapidinho, tem o quintal da casa dos amigos que é o quintal para passar o dia inteiro; e tem a imaginação, claro, que inventa quintais a torto e a direito sem dar bola pra este papo de que é muito ruim ser criança de apartamento.

IMG_0122-3IMG_0141IMG_0124-2IMG_0133Um pouco de guache, mais um tanto de desapego ao branco dos rejuntes e voilà!